12 feridos estrangeiros do acidente na Madeira serão evacuados amanhã para a Alemanha

Sete mulheres e seis homens que serão transferidos durante a manhã

19 Abr 2019 / 20:01 H.

Dos 13 cidadãos de nacionalidade alemã que estão internados no Hospital Dr. Nélio Mendonça, 12 (sete mulheres e seis homens) estão em condições para serem evacuados na manhã de sábado, num avião das autoridades germânicas, para prosseguirem os tratamentos clínicos na terra-natal.

A informação foi confirmada no início da noite desta sexta-feira, numa conferência de imprensa promovida pelo Serviço de Saúde da Região Autónoma da Madeira (SESARAM) que contou com a presença do Embaixador da Alemanha, no Hospital Dr. Nélio Mendonça.

Segundo Tomásia Alves, presidente do conselho de administração do SESARAM, um dos feridos alemães continua internado na unidade hospitalar do Funchal por não reunir as condições para efectuar a viagem aérea.

Um dos feridos já foi evacuado num avião ambulância no dia de hoje, os restantes seguirão amanhã, entre as 8 horas e o meio-dia, para continuarem a receber assistência clínica junto dos familiares da Alemanha.

Explicou que uma das vítimas que estão na Unidade de Cuidados Intensivos do Hospital Dr. Nélio Mendonça permanecerá no internamento, mas outra reúne condições para fazer a viagem no avião ambulância com destino à Alemanha.

Quanto aos dois portugueses, residentes na Madeira - o motorista e a operadora da agência de turismo - continuam internados, sem que haja para já previsão de alta.

Recorde-se que 29 pessoas morreram no acidente com um autocarro que transportava turistas alemães, no Caniço, na quarta-feira à tarde. As vítimas mortais, 11 homens e 18 mulheres, são todas de nacionalidade alemã.

Tomásia Alves disse que esta a última conferência de imprensa de balanço à evolução clínica dos feridos deste sinistro rodoviário.

Outras Notícias