Albuquerque em “inauguração” promete obra e apela voto nas Europeias

22 Mai 2019 / 17:40 H.

E, por instantes, Miguel Albuquerque terá esquecido o aviso da Comissão Nacional de Eleições. “Queria reiterar que no meu governo o que se diz, faz-se; O que se promete, cumpre-se; O que se anuncia, concretiza-se”. Com estas palavras o presidente do Governo Regional fechou esta tarde o discurso de “inauguração” do troço da Fonte Pinheiro, na Ribeira Brava. Ao contrário do seu executivo, o governante garante que “não há conversa fiada nem fotografias no facebook para disfarçar aquilo que não se consegue fazer nada”.

‘Farpas políticas’ a quatro dias das eleições europeias, precisamente um assunto que aproveitou para lembrar aos eleitores do município que cumpram o seu dever cívico votando no próximo domingo por considerar ser “muito importante”, uma forma, frisou, de manifestar que os madeirenses são a “favor da integração da Madeira na Europa” ou que estão “a favor do projecto europeu”.

Mas Albuquerque foi mais longe deixando uma promessa caso seja eleito a um próximo mandato: “Concluir a estrada da Vigia”. Um compromisso que sublinhou já ter assumido com o presidente da Câmara Municipal, referindo que “vai ficar inserido no programa de governo”.

Para trás sublinhou o investimento público que está sendo concretizado no município destacando a empreitada da escola básica e secundária, Padre Manuel Álvares e a abertura da ligação entre a vila e a Tabua.

E concluiu: “Estou muito feliz de estar convosco, muito obrigado e até à próxima inauguração”.