Ingleses do Arsenal e do Chelsea superiores a Valência e Eintracht Franckfurt

02 Mai 2019 / 22:49 H.

As duas equipas inglesas que chegaram às meias-finais da Liga Europa de futebol, Arsenal e Chelsea, demonstraram hoje, na primeira mão, clara superioridade sobre os seus adversários, os espanhóis do Valência e os alemães do Eintracht Frankfurt.

O Arsenal recebeu e venceu o Valência por 3-1, ao virar uma desvantagem de um golo, enquanto o Chelsea, que esteve também em desvantagem no marcador, não foi além do empate a um golo, apesar de ter criado inúmeras oportunidades de golo para sair de Frankfurt com a vitória.

Os espanhóis, que contaram no ‘onze’ inicial com o português Gonçalo Guedes - saiu aos 71 minutos - foram os primeiros a marcar no ‘Emirates’, aos 11 minutos, pelo médio francês Mouctar Diakhaby, mas o Arsenal precisou apenas de um quarto de hora para dar a volta ao resultado, com dois golos do internacional francês Alexandre Lacazette, aos 18 e 26.

Na segunda parte, o Arsenal dominou o jogo e esteve sempre mais perto do 3-1 do que o Valência do 2-2, embora os espanhóis no último quarto de hora tivessem pregado alguns sustos à equipa inglesa, que chegaria somente aos 90+1 ao terceiro golo, quando o internacional gabonês Pierre-Emerick Aubameyang ‘assinou’ o terceiro golo.

O Chelsea foi surpreendido por uma entrada forte no jogo dos alemães do Eintracht, premiada com um golo do sérvio Luka Jovic, contratado ao Benfica, ‘à ponta de lança’, numa rotação de cabeça em plena área a fazer entrar a bola junto ao poste do guarda-redes espanhol Kepa Arrizabalaga, aos 23 minutos.

No entanto, a partir da meia-hora, o Chelsea tomou conta do jogo e chegou à igualdade em cima dos 45 minutos, por Pedro Rodriguez.

Os ‘blues’ mantiveram o controlo na segunda metade e criaram várias oportunidades de golo que não concretizaram por ineficácia na finalização, perante um Eintracht que assumiu a sua inferioridade e que conseguiu o seu objetivo de evitar a derrota, deixando a eliminatória ainda em aberto para a segunda mão.

O internacional português Gonçalo Paciência foi lançado em campo aos 73 minutos, para o lugar de Gelson Fernandes.

Outras Notícias