Fórum Mundial de Ligas anuncia criação de comité contra o racismo

16 Nov 2019 / 01:00 H.

O Fórum Mundial de Ligas Profissionais de Futebol (WLF) anunciou, esta sexta-feira, a criação de um comité contra o racismo, na sequência dos mais recentes incidentes registados em estádios de vários países.

“As ligas expressaram a sua preocupação com o racismo no futebol. Mostraram-se determinadas a combater esse fenómeno inadmissível e decidiram criar um Comité de Luta contra o Racismo”, informou o WLF, em comunicado.

De acordo com aquela entidade, o novo comité “ficará encarregue de reunir todas as informações relevantes fornecidas pelos seus membros, propor as melhores práticas de conduta e fazer recomendações”.

Recentemente, o brasileiro Taison, dos ucranianos do Shakhtar Donetsk, treinado pelo português Luís Castro, o italiano Mario Balotelli, do Brescia, e o inglês Ronaldo Vieira, da Sampdoria, foram alvo de insultos racistas de adeptos.

O Fórum Mundial de Ligas Profissionais de Futebol é liderado pelo mexicano Enrique Bonilla e reúne 40 ligas profissionais, entre as quais a portuguesa.

Outras Notícias