Mulher de 79 anos entrou em paragem cardiorrespiratória na Ponta Gorda

09 Jun 2019 / 19:14 H.

Uma mulher de 79 anos entrou esta manhã, por volta das 11 horas, em paragem cardiorrespiratória, quando nadava na piscina artificial do Complexo Balnear da Ponta Gorda, no Funchal.

Os nadadores-salvadores, ao se aperceberem da grave situação, foram ao encontro da vítima e resgataram-na da água, tendo o socorrista que está ao serviço da Frente MarFunchal, e ainda uma médica à civil, iniciado as devidas manobras de reanimação até à chegada dos elementos de emergência médica que foram activados através da Protecção Civil (EMIR e Cruz Vermelha Portuguesa).

Desobstruíram-se todos os bloqueios rodoviários até ao recinto balnear para que a ambulância entrasse e transportasse a septuagenária para o Hospital Dr. Nélio Mendonça, onde a mesma se encontra a recuperar. De resto, quando a equipa de socorro chegou ao local a mulher já tinha recuperado os sinais vitais e estava a respirar.

Os profissionais de saúde elogiaram a prontidão e qualidade do socorro prestado no local e a mulher continua no hospital em observação, estável, mas a necessitar ainda de cuidados, principalmente a nível respiratório.

De acordo com relatos recolhidos no local, a diferença entre salvar ou não uma vida reside essencialmente nos postos de socorro, nos socorristas, nos nadadores-salvadores, nos equipamentos e na formação, valências que foram deveras importantes para este feliz desfecho.