‘Fado à Beira-Mar’ continua no próximo ano

28 Jul 2019 / 18:17 H.

“O Fado à Beira-Mar’ é para continuar no próximo ano”. A garantia é da secretária regional do Turismo e Cultura, Paula Cabaço, que destaca o “sucesso” e a “grande participação e adesão do público” a este novo evento, integrado nas Comemorações dos 600 Anos do Descobrimento da Madeira e Porto Santo.

Tanto ontem, no Porto da Cruz, como antes em Câmara de Lobos e na Ribeira Brava, as sessões de ‘Fado à Beira Mar’ surpreenderam ao registar ‘casa cheia’.

Paula Cabaço que, tendo marcado presença em dois dos três espectáculos realizados, concretamente na Ribeira Brava e no Porto da Cruz, realça que a iniciativa foi “uma aposta ganha”, não só pela “importância de potenciar, através das celebrações dos 600 Anos, a criação de novos eventos”, daí a sua continuidade, como também por contribuir para “a descentralização cultural” sempre a prossecução do “enriquecimento da oferta e da agenda cultural da Região, no futuro”.

Outro aspecto importante nesta aposta, adianta a secretária regional do Turismo e Cultura, tem sido a procura de uma “oferta que se deseja de qualidade, diversificada e simultaneamente destinada a vários públicos”, sendo este caso um dos muitos exemplos, a que se juntam outras e que outras iniciativas, tais como: o ‘Música a Norte’, em São Vicente, Porto Moniz e Santana, ou o ‘Música na Natureza’, no Porto Santo, entre outros.