5 Sentidos

2.ª edição das Jornadas do Teatro reúne diferentes agentes do sector artístico

None

Na sessão de abertura da 2.ª edição das Jornadas do Teatro, que decorrem no Baltazar Dias, a vereadora Madalena Nunes considerou a iniciativa um “reflexo do trabalho desenvolvido pela nova direcção do Teatro Baltazar Dias ao longo dos últimos anos, mercê de uma política cultural municipal que não se tem limitado a programar por programar, mas que tem, pelo contrário, investido numa aproximação real das pessoas ao Teatro, enquanto edifício e arte”.

Este primeiro dia ficou marcado pela participação de Nuno Santos, director de Comunicação do Teatro Municipal São Luiz, em Lisboa, que abordou os resultados obtidos através do projecto oO Público vai ao Teatro’, envolvendo crianças, adultos e professores no acompanhamento da programação de um teatro ao longo da temporada, incluindo encontros com criadores e oficinas temáticas. Partiicparam ainda Teresa Rebelo (actriz e professora), Catarina Claro (mediadora cultural) e Paulo Esteireiro (professor e investigador), que partilharam experiências e resultados de investigação na área das artes performativas.

Este é, segundo a autarquia do Funchal, um evento que potencia o encontro entre diferentes agentes do sector artístico, nomeadamente jornalistas, actores, encenadores, investigadores e professores, sendo que o tema deste ano foram as perspetivas, as políticas e a investigação realizada acerca da temática do desenvolvimento de novos públicos, no contexto das artes performativas.