Bruxelas melhora projecções do défice e crescimento do PIB em Portugal

Comissão Europeia espera crescimento de 2,6% em Portugal em 2017

09 Nov 2017 / 10:05 H.

A Comissão Europeia melhorou hoje as previsões de crescimento da economia portuguesa, para os 2,6% em 2017 e para os 2,1% em 2018, continuando a antecipar “algum abrandamento” do ritmo económico e alinhando-se com as projecções do Governo.

Nas previsões económicas de outono divulgadas hoje, Bruxelas reviu em alta os valores para a evolução do Produto Interno Bruto (PIB) em Portugal: em Maio, esperava um crescimento de 1,8% para este ano e de 1,6% no próximo e, agora, aponta para 2,6% e para 2,1%, respectivamente. Para 2019, a expectativa é que a economia continue a desacelerar o ritmo de crescimento, ficando nos 1,8%.

Estas projecções estão em linha com as do Governo, que actualizou as suas estimativas em Outubro e espera que o PIB cresça 2,6% em 2017 e 2,2% no próximo ano.

Bruxelas melhora défice em Portugal para 1,4% em 2017 mas diz que redução é “sobretudo cíclica”

A Comissão Europeia melhorou hoje as projecções do défice de Portugal, para 1,4% este ano, justificado nomeadamente com um “investimento público abaixo do orçamentado”, alertando para que a redução é “sobretudo cíclica” e não resulta de medidas do Governo.

Bruxelas revê em baixa as previsões para o défice orçamental tanto para 2017 como para 2018, antecipando que este indicador fique nos 1,4% em cada ano, o que compara com a anterior projecção de défices de 1,8% e de 1,9%, respectivamente.

Para 2017, o executivo comunitário antecipa que a redução do défice dos 2% em 2016 para os 1,4% este ano “se deve sobretudo à recuperação económica, à queda da despesa com juros e ao investimento público abaixo do orçamentado”.

Excluindo as medidas temporárias, a previsão europeia é de que o défice das administrações públicas seja de 1,6% do Produto Interno Bruto (PIB).

Outras Notícias