PPM Madeira preocupado com queda de árvores

10 Nov 2017 / 12:05 H.

Num texto assinado por Paulo Brito, dirigente regional do PPM Madeira, os monárquicos manifestaram hoje a sua preocupação relativamente à “continuação de quedas de árvores”, motivada pelos fortes ventos que se fizeram sentir na região nos últimos dias.

“Este problema ambiental preocupa-nos, ou não fossemos o primeiro partido a defender uma política ecológica para o País”, sublinha a nota.

Paulo Brito denuncia uma “tentativa de se fazer esquecer a tragédia do Monte”, durante a última campanha eleitoral e defende que “é absolutamente necessário que não se esqueçam da problemática do assunto e que ponham mãos à obra para que tragédias semelhantes não voltem a ocorrer”.

Os monárquicos foram para o “terreno” e, dizem, ter sido abordado por vários populares “preocupados com este tema e que pretendem uma solução rápida, para não ser deixado para futuras campanhas eleitorais”.

O PPM conclui com um apelo à consciência das “várias entidades”, públicas ou privadas, com responsabilidades na matéria.

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera colocou a ilha sob ‘Aviso Amarelo’ para vento, desde terça-feira passada. O alerta mantém-se até à meia-noite desta sexta-feira, prevendo-se rajadas até 80 quilómetros hora, nos extremos este e oeste da ilha.