Edgar Silva entende que o eleitorado quer “impedir que se repitam maiorias absolutas”

14 Fev 2018 / 16:30 H.

Apesar de “ainda ser muito cedo” para dar como certo o resultado das Eleições Legislativas Regionais de 2019, Edgar Silva disse que esta sondagem revela que o eleitorado quer “impedir que se repitam maiorias absolutas” ao contrário do que tem prevalecido “ao longo de décadas na Madeira”.

O coordenador regional do PCP afirmou que este estudo de opinião revela que “não estão criadas condições para haver uma maioria absoluta”, o que implica sempre “um processo de convergência e de negociações”.

“Não havendo maioria absoluta tem que haver sempre a construção de outras soluções políticas. Este é um quadro diferente, porque, até agora, imperaram as maiorias absolutas do PSD e a vontade expressa através da sondagem é que em vez disso tem que haver soluções negociáveis e esse é o desafio que está colocado... vamos ver”, concluiu.

Outras Notícias