Câmara Municipal do Funchal assinou acordo de cooperação com a Universidade Aberta

19 Jun 2018 / 13:00 H.

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) e a Universidade Aberta assinaram esta terça-feira, no Salão Nobre dos Paços do Concelho, um acordo de cooperação, envolvendo especificamente a Cátedra Infante Dom Henrique para os Estudos Insulares Atlânticos e a Globalização, juntando para o efeito, o presidente da CMF, Paulo Cafôfo, o Director da Cátedra, José Eduardo Franco, e a Directora do Polo de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Universidade da Madeira, Luisa Paolinelli.

Paulo Cafôfo realçou, desde logo, “o compromisso que se estabelece entre estas entidades a nível de pesquisa, edições científicas, seminários e eventos culturais, sempre à volta da cidade do Funchal e daquilo que foi a sua importância histórica, projectando, através da ciência e do conhecimento, aquele que também pode ser o seu papel no futuro”.

“O Funchal foi a primeira cidade global, a primeira cidade que os europeus construíram fora do Velho Continente, e, mesmo no meio do oceano, éramos e somos uma centralidade, a nível político, económico e a nível de ideais para todos quantos seguiam então para o Novo Mundo, e esse é um pensamento que nos interessa estimular em termos de formação e de qualificação,” reforçou o autarca, lembrando que o Funchal é “uma Cidade Educadora, integrada na respectiva rede internacional, e que, também por isso, vemos a formação, a educação e a qualificação como a melhor forma de cumprir o potencial de toda a cidade, não é só em termos de educação formal e académica, mas também em termos culturais”. Razões que levam a que continue a promover trabalho em parceria com “os melhores”, no sentido de surgirem estudos e formação que afirmem o Funchal como uma cidade global e do conhecimento.

Outras Notícias