Binter cancelou os quatro voos de hoje

Apresentador de televisão Jorge Gabriel, que tem sido bastante crítico com esta postura, tendo hoje sido afectado, pede regresso do Aerovip

12 Ago 2018 / 18:59 H.

Depois de um longo texto na última sexta-feira, na qual fazia-se ‘ouvir’ mais uma voz contra a actuação da Binter na linha Madeira-Porto Santo, o apresentador de televisão Jorge Gabriel, volta a usar as redes sociais para reclamar, desta feita, o regresso da anterior concessionária, a Aerovip.

“Hoje tocou-me a mim ficar apeado à espera da Binter”, começou por dizer. “A empresa das Canárias não serve para esta ligação. Ainda não estamos no inverno e o número de voos cancelados só me permite afirmar o seguinte. Volta Aerovip, (Sevenair) por favor, e urgentemente”.

Refira-se que esta manhã a companhia aérea que ganhou a concessão por três anos das viagens inter-ilhas da Madeira e do Porto Santo, voltou a cancelar um voo de ida e outro de regresso da ilha onde o apresentador passa habitualmente as suas férias.

E a esta hora (19h00) o voo de ida e regresso que deveria ter sido realizado esta tarde também foi cancelado (confirmado pelo site da ANA).

A avaliar pelas contas do presidente do Governo Regional (feitas ainda ontem á noite num comício no Porto Santo), a Binter já cancelou 16 voos entre as duas ilhas desde terça-feira passada. Ou seja, em seis dias, cancelou mais de metade dos voos (deveriam ter sido realizados 22 nos dois sentidos), acumulando assim a média de um voo em cada sentido a cada dois dias neste período.

Acresce que os voos de e para Canárias desde o Aeroporto da Madeira foram todos realizados nestes dias, inclusive o avião descolou há menos de meia-hora (18h40) do Aeroporto de Gran Canaria, rumo à Madeira, quando a esta hora deveria estar a preparar-se para sair do Porto Santo para o último voo do dia. O voo do Madeira para a outra ilha e o regresso já não será realizado, ficando os passageiros em terra.

  • 1
    $tempAlt.replaceAll('"','').trim()