Daniel Ramos espera um dos jogos “mais difíceis da época” em casa com Moreirense

14 Abr 2018 / 14:37 H.

O treinador do Marítimo, Daniel Ramos, considerou hoje que a receção ao Moreirense, da 30.ª jornada da I Liga portuguesa de futebol, no domingo, será uma das partidas caseiras mais complicadas da temporada e pediu apoio.

“Com toda a sinceridade, digo que estou à espera de um dos jogos mais difíceis da época em casa, com o Moreirense. Espero que a equipa corresponda a um nível muito alto e que a nossa massa associativa também compreenda isso e que nos apoie, porque estamos numa fase decisiva e precisamos muito deles”, afirmou, na conferência de imprensa de antevisão do encontro nos Barreiros.

A cinco jornadas do final, os insulares somam 43 pontos, os mesmos do Rio Ave, que o ocupa o desejado quinto lugar, e a partida com o Moreirense antecede um calendário complicado, com as visitas a Sporting de Braga (31.ª jornada) e Desportivo de Chaves (33.ª) e as receções a FC Porto (32.ª) e Sporting (34.ª).

“O que faz muito sentido é a equipa estar focada no jogo. Reconhecer que este jogo é muito importante porque precisamos destes três pontos se queremos entrar nesta luta pelo quinto lugar. Só uma grande ponta final nos pode levar a isso. Se conseguirmos, será um feito de excelência”, comentou Daniel Ramos.

Numa partida de grande exigência, o técnico ‘verde rubro’ destacou a inteligência e um início forte com ingredientes essenciais para conquistar os três pontos.

“Vamos procurar entrar fortes, dominar, impor o nosso ritmo de jogo, com o apoio da nossa massa associativa, e pensarmos na vitória, que é o único resultado que nos interessa”, frisou.

Daniel Ramos salientou também o poderio físico e a qualidade nas bolas paradas do adversário, além da velocidade no ataque, o que faz com que a concentração seja importante para os madeirenses.

“O Moreirense tem um jogo agressivo, de duelos, uma equipa alta, de confronto físico, fortes nas bolas paradas, uma equipa que, normalmente, dá muito trabalho ao adversário. É uma das equipas que se apetrechou bem esta época e que me parece que, com maior ou menor dificuldade, vai conseguir atingir a manutenção”, elogiou.

Com Bebeto castigado, o jovem Nanu, que começou a época na equipa B, é uma das possíveis novidades no ‘onze’, o que significaria a estreia do lateral-direito no plantel principal maritimista.

“É mais uma oportunidade para um jogador da equipa B de poder estrear-se, embora ele já esteja há algum tempo connosco. Tem a vindo a melhorar bastante, principalmente em termos posicionais. Tem velocidade, tem determinação, é um jogador com vontade de triunfar. É um jovem que tem qualidade para poder ser uma afirmação no futuro”, referiu Daniel Ramos.

O Marítimo, sexto classificado, com 43 pontos, recebe o Moreirense, 13.º, com 28, no domingo, com o apito inicial marcado para as 16 horas.

Outras Notícias