Avião militar saiu da Madeira e chegou a Colónia com 15 feridos alemães

Órgãos de comunicação social germânicos acompanham a chegada do avião com vítimas do acidente com autocarro no Caniço

20 Abr 2019 / 18:08 H.

Uma fila de ambulâncias aguardava do lado de fora da vedação do perímetro da zona militar do Aeroporto de Colónia Bona, onde o avião da Força Aérea alemã chegou a meio da tarde de hoje com 15 feridos.

Ao contrário do que foi afirmado pelas autoridades, no voo que saiu da Madeira a meio da manhã de hoje rumo à Alemanha, seguiram mais três feridos ligeiros que terão aproveitado este voo para seguir para casa, na região de Colónia.

Segundo a agência de notícias dpa, a bordo estavam 15 feridos, informação dada pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Berlim. O tempo de voo foi de cerca de três horas.

Refira-se que a maioria das vítimas é natural de quatro dos 16 estados federais alemães, Renânia do Norte-Vestfália (sobretudo da região de Colónia e do distrito de Rhein-Erft-Kreis), Turíngia, Alta Saxónia e Baden-Württemberg.

Outras Notícias