Presidente da República destaca “qualidades humanas e morais” do novo bispo do Funchal

Lisboa /
14 Jan 2019 / 14:52 H.

O Presidente da República destacou hoje as “qualidades humanas e morais” do novo bispo da diocese do Funchal, Nuno Brás da Silva Martins, sublinhando que a sua designação pelo papa Francisco “enche de júbilo todos os portugueses”.

“Estou certo de que, pelas suas qualidades humanas e morais, pela força da sua fé e pelo exemplo do seu percurso, D. Nuno Brás da Silva Martins será, também ele, o comunicador perfeito que servirá modelarmente a diocese do Funchal num tempo de grandes desafios e responsabilidades”, refere Marcelo Rebelo de Sousa numa nota publicada no ‘site’ da Presidência da República.

O chefe de Estado considera que a designação de Nuno Brás como bispo do Funchal, anunciada no dia 12 de Janeiro, é uma notícia que “enche de júbilo” todos os portugueses, crentes e não crentes.

“Com esta nomeação, o Santo Padre procedeu à escolha de uma personalidade com uma vasta e brilhante carreira de serviço à Igreja e à comunidade, como pastor e como intelectual distinto”, afirma Marcelo Rebelo de Sousa, destacando as funções desempenhadas como reitor do Pontifício Colégio Português em Roma, reitor do Seminário Maior de Cristo Rei, bispo auxiliar de Lisboa e bispo titular da diocese de Elvas.

O novo bispo do Funchal assume funções em 17 de fevereiro, sucedendo a António José Cavaco Carrilho, que ocupava o cargo desde 19 de Maio de 2007.

Nuno Brás da Silva Martins nasceu no Vimeiro, na Lourinhã, tem 55 anos e licenciou-se em Teologia em 1985, dois anos depois foi ordenado sacerdote em Lisboa.

Outras Notícias