Paróquia da Ribeira Seca aguarda com flores e hospitalidade a visita de um bispo após 42 anos

14 Jul 2019 / 15:38 H.

A Paróquia da Ribeira Seca está coroada de flores para receber, com pompa e circunstância, a cerimónia de recepção a D. Nuno Brás Martins, sendo esta a primeira visita de um bispo ao fim de 42 anos.

A igreja esta decorada com antúrios vermelhos e à entrada do templo religioso uma ornamentação de plantas com Coroas de Henrique deixa uma mensagem de hospitalidade clara ao chefe da Diocese do Funchal: bem-vindo.

D. Nuno Brás tem prevista a sua chegada às 16h40. Logo depois está reservado uma oração de 10 minutos, seguindo-se uma procissão de entrada cerimonial.

Ao longo da tarde, foram inúmeros os paroquianos que saudaram o padre Martins Júnior, ele que foi alvo de uma suspensão ao longo de 42 anos movido pela Diocese do Funchal, sem que se percebesse quais os reais fundamentos para além da militância política que o sacerdote abraçou em prol da causa humana e social no concelho de Machico.

Outras Notícias