“O que fez Célia Pessegueiro pelo seu município?”

18 Nov 2018 / 20:13 H.

O PSD-Madeira afirmou esta tarde, através de comunicado, que as críticas que Célia Pessegueiro dirigiu ao Governo Regional na sua intervenção na Convenção Autárquica do PS mais não são do que um “subterfúgios para fugir das responsabilidades” na Câmara Municipal da Ponta do Sol, onde “não se tem trabalho para mostrar (...) apesar dos cerca de 2 milhões de euros deixados pelo PSD no saldo da conta de gerência do município em 2017”.

“O que fez Célia Pessegueiro pelo seu município?”, questiona-se na nota social-democrata, que denuncia que o ataque feito esta manhã “tem por objetivo esconder a inércia da própria” autarca pontassolense e visa “atribuir culpas a quem as não tem”.

O PSD faz uma análise e comenta todas as críticas feitas pela autarca socialista. Assim, à acusação de que o Governo Regional é centralista e não quer transferir competências para as autarquias, os social-democratas observam que Célia Pessegueiro “não consegue nem assumir as [competências] que são da sua responsabilidade, nomeadamente a limpeza de caminhos e de outras pequenas obras que afetam o dia-a-dia da população”.

No comunicado refere-se que “uma coisa é descentralização, outra é a violação grosseira dos poderes autonómicos, do Estatuto Político-administrativo e da Constituição, levada a cabo pelo Governo da República, com a última revisão da Lei das Finanças Locais, ao afectar receitas da Região para a transferência de competências para as autarquias locais”. O PSD não se admira desta atitude do PS regional, visto que este partido “tudo tem feito para branquear os ataques do Governo liderado por António Costa à Madeira”.

Quanto às queixas de falta de investimento do Governo Regional na Ponta do Sol, o PSD sublinha que o Governo Regional “é a principal entidade a realizar obra” naquele concelho. E avança com exemplos deste mandato: o novo Centro de Processamento de Banana, a primeira Unidade de Saúde Familiar da Região, o Centro Psicopedagógico das Terças, a conclusão da Variante à Madalena do Mar e a reabilitação de taludes. Entretanto, já está concluído o projecto para a requalificação da estrada entre os Salões e a Levada do Poiso, junto ao Relógio de Água, no valor de 3 milhões de euros.

Tópicos

Outras Notícias