Noite do Mercado terá 93 espaços de venda no Funchal

05 Dez 2019 / 21:45 H.

A Câmara Municipal do Funchal (CMF) garante que foram aceites todas as candidaturas aos 93 espaços para a venda na Noite do Mercado, celebrada de 23 para 24 de Dezembro, nas principais artérias da baixa em torno do Mercado dos Lavradores. A garantia foi dada à RTP-Madeira pelo vereador João Pedro Vieira, que tem o pelouro dos licenciamentos e mercados.

O sorteio para a atribuição dos espaços decorreu esta quinta-feira na CMF, com critérios e inscrição pré-definidos. O vereador explicou que a prioridade foi dada aos comerciantes da baixa da cidade com lojas nas ruas abrangidas pela Noite do Mercado. O número de barracas de comes e bebes é ligeiramente inferior ao do ano passado, mas todos os candidatos elegíveis que cumpriam com os requisitos estabelecidos foram contemplados com espaços para a venda.

Em declarações à RTP-M, o vereador destacou a transparência do processo de distribuição dos 93 espaços por sorteio, tendo sido dada prioridade aos comerciantes que têm instalações nas ruas onde decorre a Noite do Mercado, a par de clubes e associações do concelho. Os estabelecimentos sediados no recinto da Noite do Mercado poderão ter as portas abertas ao público até mais tarde.

Foram excluídos do concurso candidatos que não preenchiam as condições anunciadas na inscrição prévia. Não terem dívidas ao Município ou a situação regularizada nas Finanças eram algumas das obrigações.

Tal como em edições anteriores, o copo reutilizável será obrigatório na comercialização de bebidas durante a noite de 23 para 24 de Dezembro, uma forma de reduzir a utilização de plásticos e a produção de resíduos.

A Noite do Mercado terá lugar também no Mercado da Penteada, em São Roque, nos dias 21, 22 e 23 de Dezembro.