“Não temos nada a esconder”, assume Miguel Albuquerque que mantém confiança em Pedro Ramos

“Não podemos confundir luta política, fake news e internet”, apelou ainda o chefe do executivo madeirense

20 Fev 2019 / 19:37 H.

Na inauguração de um caminho agrícola na freguesia de São Jorge, concelho de Santana, o presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, não foi até ao Norte da ilha falar sobre os 350 mil euros gastos em 470 metros de um troço que inaugurou e beneficia algumas explorações, caminho esse que foi financiado pelo PRODERAM.

O chefe do executivo madeirense falou, isso sim, sobre a reportagem da TVI em torno de um alegado escândalo no serviço de medicina nuclear do SESARAM, algo que Miguel Albuquerque refuta dizendo que “grande parte daquilo que foi relatado não corresponde à verdade”.

“Nós temos uma postura de transparência, lisura e sobretudo numa área destas, porque esta é uma área em que não se brinca à política. Nós temos de ter o maior respeito e consideração pelos nossos doentes e temos feito todo o esforço para que eles sejam tratados nas melhores condições e tenho de louvar aqui o trabalho de todos os técnicos, médicos, enfermeiros e funcionários que têm feito um trabalho muito importante na oncologia e também nas associações em que apoiam os doentes oncológicos. Isto aqui é uma matéria que não é brincar aos partidos políticos. Esta é uma matéria que exige transparência e clareza”, aludiu Miguel Albuquerque.

Ainda segundo o líder do Governo Regional “não podemos confundir luta política, fake news e internet”, porque “isto é demasiado sério” e sendo questões demasiado sérias o executivo quer que “isto seja esclarecido” porque não tem “nada a esconder”.

Outras Notícias