Mortes retiram 280 por ano da lista de espera

13 Fev 2019 / 06:58 H.

Em quatro anos 1.122 pessoas saíram das listas para cirurgia, por terem morrido. 2016 foi o ano em que se registaram mais óbitos antes da intervenção cirúrgica. É esta a notícia que faz a manchete da edição impressa de hoje do seu DIÁRIO, na qual damos conta que a utilização de preservativos tem vindo a diminuir na Região.

No desporto é dado grande ênfase ao actual momento desportivo do Nacional, que avançou para os tribunais contra comentadores desportivos, isto num dia em que os adeptos manifestaram solidariedade com a equipa

Noutras notícias em saliência saiba que os 1.600 cidadãos que prestam voluntariado regular na Região vão passar acesso gratuito nos transportes gratuitos e que a campanha ‘Vidas que a tua ajuda salva’ já angariou mais de sete mil euros para o envio de medicamentos para a Venezuela.

Outras Notícias