Juíza de instrução recusa chamar Cafôfo ao tribunal

11 Out 2019 / 18:49 H.

A juíza de instrução do tribunal do Funchal, Susana Mão de Ferro, rejeitou, esta tarde, os requerimentos dos advogados das famílias das vítimas da tragédia do Monte para que o arguido Paulo Cafôfo fosse ouvido nesta fase do processo. A decisão da magistrada decorreu durante uma sessão de quatro horas para ouvir o director da divisão de Espaços Verdes da Câmara do Funchal, Francisco Andrade.

A próxima sessão da fase de instrução ficou agendada para 8 de Novembro, para ouvir três testemunhas indicadas pela defesa de Francisco Andrade.

Outras Notícias