Gil Canha acusa Cafôfo de “traição” e de se render à “corrupção”

25 Abr 2019 / 10:18 H.

O deputado independente, Gil Canha, fez a primeira intervenção da sessão do 45° aniversário do 25 de Abril e teceu duras críticas a Paulo Cafôfo.

Canha recordou o movimento de 2013, em que vários partidos se uniram, liderados “por uma pessoa que parecia séria e responsável”. Tudo acabou, afirma, “num enorme fracasso”.

O deputado acusa Paulo Cafôfo e o seu “grupo de cubanos” de “traição” e de se ter rendido “à corrupção e nepotismo”.

“Uma espécie de cobra cuspideira que encheu o seu ninho de amigos e namoradas”.

Quanto ao PSD diz que se assustou com as “cafofadas” e que Albuquerque não foi a esperança que muito tinham e se rendeu “à brigada do reumático jardinista”.

Outras Notícias