Funchal vê reconhecidos “os frutos da sua política de promoção da igualdade”

23 Jan 2019 / 20:42 H.

O vice-presidente da Câmara Municipal do Funchal, Miguel Silva Gouveia, acompanhou esta tarde a celebração do protocolo de exploração hoteleira entre a Empresa Vintage Destiny, representada pelo seu director António Baptista, e a Axel Hotels, representada pelo director Juan Juliá Blanch, que dará origem à construção e abertura do primeiro Hotel LGBTI na Madeira, localizado no Funchal.

Miguel Silva Gouveia congratulou a iniciativa, e salientou “o interesse desta cadeia hoteleira internacional em estabelecer-se na cidade do Funchal, o que é importante para nós a vários níveis. O Funchal vê igualmente reconhecidos desta forma os frutos da sua política de promoção da igualdade, que remonta já a 2015, com a definição de uma Estratégia Municipal e a criação do Conselho Municipal para a Igualdade.”

“Neste momento, assistimos pelo mundo a muitos discursos de intolerância, não só para orientações sexuais, mas também para com opções religiosas, e até mesmo intolerância para com o local de nascimento, seja ele a Madeira ou continente, Portugal ou os lusodescendentes, ou mesmo entre europeus e refugiados. Compete-nos a nós, instituições públicas e privadas, passar das palavras aos actos e mostrar de que lado estamos, e o Funchal está definitivamente ao lado da tolerância, do progresso e do humanismo.”