Em 2019 nasceram menos 39 bebés na Madeira

Saldo natural face a 2018 manteve-se negativo, mas foi menos expressivo do que no período homólogo

09 Dez 2019 / 12:12 H.

O número de nascimentos na Região Autónoma da Madeira continua negativo e nos primeiros nove meses de 2019 o cenário não foi diferente dos últimos anos, com menos 39 bebés a ‘virem ao mundo’.

De acordo com os dados preliminares da demografia de Janeiro a Setembro de 2019, divulgados hoje pela Direcção Regional de Estatística, foram registados 1.404 nados vivos (comparativamente aos 1.443 registados em igual período de 2018).

A RAM continuou a registar um saldo natural negativo de -630 indivíduos, fruto do número de nados vivos ser inferior ao número de óbitos (2.034).

Segundo os dados divulgados esta manhã, “até ao final do 3.º trimestre de 2019, foram também averbados 4 óbitos com menos de 1 ano e 3 fetos mortos”.

Entre Janeiro e Setembro de 2018, o número de óbitos com menos de 1 ano foi idêntico, tendo-se registado 5 fetos mortos.

No período em referência, realizaram-se 350 casamentos, menos 24 que no período homólogo.