Cabe a todos participar neste processo de educação fiscal

Paula Franco, Bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados, lembrou a justiça fiscal ensinada aos jovens

16 Set 2019 / 12:42 H.

Esta matéria da literacia financeira é crucial para todos nós, disse a Bastonária da Ordem dos Contabilistas Certificados. Por isso, desde a primeira hora que é a maior Ordem profissional do país, com 75 mil associados, abraçou o projecto, lembrou Paula Franco.

Ainda que seja um dever, é um direito pelo que temos a seguir do que o estado nos pode dar, reconheceu. A justiça fiscal é tão mais justa quanto mais forem explicados, não sendo fáceis, mas muito complexos, há um papel de todos para, activamente, os impostos sejam acessíveis ao comum dos cidadãos.

Para o contabilista certificado é fundamental que o cidadão tenha conhecimentos sobre fiscalidade, porque a maior parte dos cidadãos tem a noção que a cobrança de impostos é um roubo. Essa mentalidade pode ser mudada com mais transparência e proximidade, estando um longo caminho a percorrer, sobretudo quando chegamos à parte da litigância.

Quando confiamos pagamos de forma mais natural, e esse é um ponto a atingir, o estado de confiança entre os cidadãos e a governação.

Na parceria com a autora de “Joaninha e os impostos”, que já está a ser trabalhado em língua castelhana, em Espanha e países sul-americanos, em francês, inglês e até russo, revela a importância que a educação fiscal assume em cada vez mais países, lembrando Paula Franco que a fiscalidade será cada vez mais aplicada nas escolas para interiorização dos jovens sobre a importância do pagamento de impostos.

Outras Notícias