Assembleia custa 3,6 milhões em ordenados

18 Fev 2020 / 07:00 H.

A remuneração anual dos deputados da Assembleia Legislativa da Madeira e pessoal nomeado para os gabinetes atinge os 14,4 milhões de euros no final da legislatura. Cada deputado aufere 3.719 euros, mas há dirigentes não eleitos que ganham muito mais. O tema faz a manchete do DIÁRIO desta terça-feira. Fique a conhecer os vários ordenados na página 7.

O primeiro Monumento Natural Marinho do país vai nascer na Madeira, mais precisamente nas Selvagens. As ilhas madeirenses são detentoras de um extraordinário património geológico e pioneiras em prémio nacional. Saiba tudo na página 3.

Os protestos devido às obras no cais da Ribeira Brava também são destaque na primeira página no DIÁRIO desta terça-feira. Os comerciantes e residentes queixam-se de colunas de poeira que invadem a frente-mar da vila, um assunto que pode aprofundar na página 2.

Já na página 18, fique a saber que o Europeu de bridge traz 800 jogadores à Madeira.

De resto, já sabe, acompanhe a informação regional ao minuto através das várias plataformas do DIÁRIO e da TSF Madeira.

Dia feliz.