PSP confirma ter desactivado granada de instrução em São Gonçalo

18 Mar 2019 / 21:14 H.

A PSP desmontou uma granada de instrução encontrada por um cidadão num terreno nos arredores do Funchal, ilha da Madeira, informou fonte desta força policial à Agência Lusa, confirmando a notícia avançada pelo DIÁRIO em primeira mão.

De acordo com Fábio Castro, do Núcleo de Relações Públicas da PSP da Madeira, “trata-se de uma granada de instrução que já foi desmontada e vai ser destruída de forma segura num sítio apropriado”.

Tal como o DIÁRIO avançou nesta edição digital, o engenho foi detectado “por um cidadão, num terreno anexo a uma residência devoluta” na freguesia de São Gonçalo, na parte leste do Funchal, adiantou o responsável da PSP.

Fábio Castro assegurou que a granada “já não oferece qualquer perigo”, referindo, sem especificar, que no local esteve “um efetivo considerado necessário para a resolução da ocorrência”.

Nesta acção estiveram envolvidos elementos da Equipa de Inactivação de Engenhos Explosivos e Segurança no Subsolo da Unidade Especial de Polícia e da Equipa de Intervenção Rápida para garantir “um perímetro de segurança na zona”, realçou.

Tópicos