Escritor cabo-verdiano José Luís Tavares vence Prémio INCM/Vasco Graça Moura

10 Dez 2018 / 10:52 H.

O escritor cabo-verdiano José Luís Tavares venceu o Prémio Imprensa Nacional Casa da Moeda (INCM)/Vasco Graça Moura, que este ano foi dedicado a trabalhos de poesia inédita, escrita em língua portuguesa.

Em comunicado, a INCM informou que José Luís Tavares foi galardoado pelo seu trabalho “Instruções para Uso Posterior ao Naufrágio”.

Esta obra será publicada na coleção “Plural” da Imprensa Nacional, em 2019, além do prémio pecuniário que o escritor vai receber, no valor de 5.000 euros.

José Luís Tavares nasceu a 10 de junho de 1967, no Tarrafal, ilha de Santiago, em Cabo Verde. Estudou literatura e filosofia em Portugal, onde vive.

Publicou os livros “Paraíso Apagado por um Trovão” (2003), “Agreste Matéria Mundo” (2004), “Lisbon Blues seguido de Desarmonia” (2008), “Cabotagem&Ressaca” (2008), “Cidade do Mais antigo Nome” (2009), “Coração de lava” (2014), “Contrabando de Cinzas” (2016), “Polaróides de Distintos Naufrágios” (2017) e “Rua Antes do Céu” (2017).

Outras Notícias