>
5 Sentidos

III Jornadas do Teatro no Baltazar Dias

Evento decorrerá no dia 11 de Março na passagem dos 132 anos daquela infra-estrutura cultura ícone da cidade do Funchal

Cartaz do evento.
Cartaz do evento.

No dia em que se assinalam os 132 anos sobre a inauguração oficial do Teatro Municipal Baltazar Dias, a Câmara Municipal do Funchal promove a terceira edição das Jornadas do Teatro, que decorrerá no dia 11 de Março.

O início das Jornadas ficará marcado pela presença de Paulo Pires do Vale, Comissário do Plano Nacional das Artes, que irá apresenta-lo pela primeira vez na ilha da Madeira. Este plano do qual faz parte a Associação Porta 33, tem como objetivo tornar as artes mais acessíveis aos cidadãos, em particular às crianças e jovens, através da comunidade educativa, promovendo a participação, fruição e criação cultural, numa lógica de inclusão e aprendizagem ao longo da vida. Pretende incentivar o compromisso cultural das comunidades e organizações e desenvolver redes de colaboração e parcerias entre entidades públicas e privadas, designadamente trabalhando em articulação com os planos, programas e redes pré-existentes. A apresentação irá incluir as premissas e linhas orientadores para a implementação do Plano e os programas e medidas com aplicação pelos parceiros nas áreas artísticas e do património.

Também estará presente o Diretor da DGARTES, o Dr. Américo Rodrigues, que abordará o modelo de apoio atual às artes. A DGARTES é o organismo responsável pela coordenação e execução das políticas de apoio às artes, através da implementação de medidas estruturantes, como a promoção da igualdade de acesso às artes; o incentivo à criação, produção e difusão artísticas; e a projeção internacional de criadores, produtores e outros agentes culturais portugueses. Um novo modelo de apoio às artes resultou da vontade de projetar para o futuro novas formas de colaboração assentes num instrumento de políticas cultural mais orgânico, flexível e transversal, tendo tido em consideração um recente processo de reflexão e de auscultação nacional.

As jornadas terminarão com um workshop do Teatrão em parceria com o Centro de Estudos de Teatro da Universidade de Lisboa e com a curadoria de Maria João Brilhante, ministrado por Mónica Almeida e Isabel Craveiro. Este workshop abordará as questões relacionadas com a produção de espetáculos: Fazer produção, ser produtor: uma prática/profissão invisível? Como se prepara um espetáculo? Que esperar da produção e até que ponto ele determina a qualidade do espetáculo e potencia a ideia do encenador?

Inscrições através de [email protected]

Eis o programa

III Jornadas do Teatro Baltazar Dias

9h00m – Acolhimento

9h30m – Abertura das Jornadas

Sandra Nóbrega, Diretora do Teatro Municipal Baltazar Dias

Miguel Silva Gouveia, Presidente da Câmara Municipal do Funchal

9h45m – Apresentação do Plano Nacional das Artes

Paulo Pires do Vale, Coordenador

10h15m - Apoios à criação e financiamentos

Dr. Américo Rodrigues, Diretor da DGARTES

10h45m – Coffee Break

11h - Comunidade e Públicos

Intervenção: Ana Pereira (Primeira Vez), Hugo Andrade (Olho.te) e Ricardo Brito (encenador), Isabel Craveiro (Teatrão)

Moderador: João Paiva (Conservatório)

12h30m – Pausa para Almoço

14h às 19h30m – Workshop: “Produzir um espetáculo ou a arte de encontrar soluções” com Mónica Almeida e Isabel Craveiro (Teatrão)

Fechar Menu