PCP defende Complemento Regional de Reforma

07 Dez 2017 / 18:58 H.

O PCP realizou hoje uma acção política, em que o porta-voz da iniciativa, Leonel Nunes, proferiu uma declaração em que defende a criação do complemento regional de reforma.

“A intervenção do PCP na discussão do Orçamento de Estado para 2018 assegurou o aumento extraordinário de 10 euros para todas as reformas até 588 euros e de 6 euros para as pensões mínimas com actualização entre 2011 e 2015. As pensões entre 588 euros e 2.527,92 euros têm garantida uma actualização superior a 10 euros. Esta realidade terá também um impacto positivo nas remunerações dos reformados e pensionistas da nossa Região. Mas por considerarmos que na Região os custos de insularidade têm um impacto brutal sobre os reformados e pensionistas, o PCP vai apresentar na discussão na especialidade do Orçamento da Região para 2018, uma proposta que defende a criação de um Complemento Regional de Reforma no valor de 65 euros, para os reformados e pensionistas que aufiram rendimentos inferior ao salário mínimo nacional.”, sublinhou o dirigente comunista.

Tópicos

Outras Notícias