Ministra do Mar diz que ligação por ferry assegura “princípio de continuidade territorial”

17 Jul 2018 / 19:31 H.

A Ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, esteve esta terça-feira no Porto de Portimão para a cerimónia de recepção ao ferry Volcán de Tijarafe’, que iniciou recentemente as ligações semanais entre o Funchal, na Madeira, e Portimão, no Algarve.

Na sua intervenção, a Ministra do Mar realçou que a nova ligação por ferry entre a Madeira e o Continente é fruto do trabalho conjunto entre o Ministério do Mar e o Governo Regional da Madeira, destacando ainda o papel da APS - Administração dos Portos de Sines e do Algarve, da Câmara Municipal de Portimão e do Grupo Sousa, que opera o navio através da ENM - Empresa de Navegação Madeirense.

A Ministra do Mar salientou ainda que a nova ligação por ferry assegura o «princípio da continuidade territorial» e mostrou-se optimista de que, no futuro, se possa «estender o serviço para além dos meses de Verão» e, eventualmente, com «mais do que uma ligação semanal».

No final da cerimónia, todos os convidados tiveram oportunidade de conhecer o interior do ‘Volcán de Tijarafe’.

O navio ‘Volcán de Tijarafe’ transporta passageiros e veículos (ro-pax) e ligará Portimão e o Funchal, no mínimo, durante os próximos três anos, estando previsto um mínimo anual de 12 viagens de ida e volta, apenas para o período de Verão. O trajecto entre o Funchal e Portimão dura cerca de 23 horas e é de destacar o aumento da procura – tanto de passageiros como de veículos – desde o lançamento do serviço.

Outras Notícias