Maioria JPP aprova “orçamento social” no valor de 21,2 milhões de euros

Roquelino Ornelas opôs-se por não ter tido tempo para ‘esmiuçar’ os documentos “importantíssimos”

30 Nov 2017 / 10:52 H.

Com os votos a favor da maioria JPP (6) e voto contra da oposição PSD, foi esta manhã aprovada a proposta de Orçamento e Plano Plurianual para o ano 2018 para o Município de Santa Cruz. Filipe Sousa fala em “orçamento social”, destacando o aumento “superior a 100%” em toda a vertente social, num total superior a milhão e meio de euros.

O social-democrata Roquelino Ornelas, o único vereador na oposição, votou contra porque “os dois documentos importantíssimos foram-me entregues com menos de dois dias de antecedência, tempo insuficiente para uma análise cuidada”. Por essa razão, “apesar dos esclarecimentos e da leitura que fiz, como não me davam segurança para me abster ou votar a favor, votei contra e sem rancor”, disse.

A proposta segue agora para a Assembleia Municipal, para ser ratificada.

Outras Notícias