IVBAM promoveu acção educacional sobre ‘Rum da Madeira’ para guias intérpretes

23 Jan 2018 / 17:18 H.

O Instituto do Vinho, do Bordado e do Artesanato da Madeira, I.P. – RAM, promoveu uma acção educacional sobre ‘Rum da Madeira’ para um grupo de guias intérpretes da Região.

O ‘Rum da Madeira’, vulgarmente designado por “Aguardente de Cana” é na verdade o Rum com Indicação Geográfica Protegida (IGP) produzido na Região, obtido exclusivamente por fermentação alcoólica e destilação do sumo de cana-de-açúcar, sendo por esse motivo classificado como rum agrícola, apresentando qualidade e características únicas, fruto de processos de produção tradicionais e da experiência acumulada ao longo de gerações.

A acção foi dirigida a um grupo de 16 elementos, que tiveram a oportunidade de conhecer e/ou aprofundar os seus conhecimentos sobre o Rum da Madeira, nomeadamente um conjunto singular de fatores que vão desde a geografia, a geologia, as condições climatéricas da Região, bem como as variedades de cana-de-açúcar utilizadas na produção, o método de produção, envelhecimento e o know-how acumulado ao longo de séculos.

Para conduzir esta acção o IVBAM contou com a colaboração de, Américo Pereira.

Para além da parte teórica, o grupo ainda teve a oportunidade de degustar vários tipos de Rum da Madeira, das empresas produtoras: Engenho Novo da Madeira, Lda, J. Faria & Filhos, Lda (Engenhos do Norte), Sociedade dos Engenhos da Calheta, Lda., Florentino Izildo de Gouveia Ferreira e Abel Fernandes, Lda.

Com este tipo de acção o IVBAM pretende contar com a colaboração deste grupo de profissionais na divulgação do Rum da Madeira, transmitindo os conhecimentos adquiridos acerca deste produto regional, com Indicação Geográfica Protegida, aos turistas que nos visitam.

A participação neste tipo de acções é cofinanciada em 85% por fundos comunitários, veiculados pelo Programa Madeira 14-20, sendo o restante montante suportado pelo orçamento regional.

Outras Notícias