“É inaceitável a inércia da CMF em resolver situações de risco”

11 Ago 2018 / 12:21 H.

Passados dois anos da catástrofe dos incêndios “que atingiu a nossa Região e no caso particular o Funchal, é inaceitável a inércia da Câmara Municipal em resolver um conjunto de problemas que afectam directamente e diariamente a vida dos munícipes”, designadamente “situações de risco” relacionadas com a instabilidade de terrenos e estradas. Esta foi uma posição assumida pela deputada municipal Herlanda Amado, numa iniciativa que a CDU realizou esta manhã na Fundoa, junto à padaria Socipamo.

A representante comunista lembropu que após os incêndios de 2016 foram identificadas estradas, escarpas e taludes que estavam a necessitar de intervenções urgentes, por representarem insegurança para a população. Mas passados dois anos “várias estradas permanecem condicionadas, sem que a autarquia tenha resolvido estes problemas”. Foram apontados diversos exemplos: Caminho dos Tornos, na freguesia do Monte; Rua Dr. Ernesto Sena de Oliveira, em Santa Luzia; e toda a zona da Fundoa. Há também “estradas que apesar de estarem abertas ao trânsito a Câmara Municipal do Funchal não se responsabiliza pelos danos pessoais e materiais”, casos do troço da Estrada Comandante Camacho de Freitas entre o Largo do Encontro (São Roque), a subida para a Levada da Corujeira (Monte) e a Rua Dr. João Serra Velez Caroço (São Pedro). “Quem reside nestas zonas não se sente seguro, visto que a situação só se agrava devido à instabilidade própria dos terrenos”, sublinha Herlanda Amado.

A CDU considera que é importante e urgente que se concretize a consolidação destas escarpas e taludes e se reabra o mais rapidamente as estradas encerradas, porque “as populações não podem continuar a ser prejudicadas pela inércia da autarquia gerida por Paulo Cafofo”. “É obrigação do Governo Regional e da Câmara Municipal garantirem todos os meios necessários para restabelecer a normalidade e garantir o bem-estar e a qualidade de vida das populações afectadas”, completou a deputada municipal.

Tópicos