“Alcatrão precisa-se”, diz o NÓS, Cidadãos!

03 Nov 2017 / 11:55 H.

Num comunicado dirigido à redacção, o partido NÓS, Cidadãos! denuncia a degradação dos pavimentos das ruas 5 de Outubro e 31 de Janeiro, no Funchal, fruto das obras de intervenção nas ribeiras de Santa Luzia e de São João, levadas a cabo pelo Governo Regional.

“Depois de largos meses de condicionamento do trânsito para a ‘betonização e encobrimento com cimento das belíssimas paredes em pedra de basalto’ projectadas pelo Brigadeiro Reinaldo Oudinot – e que eram o encantamento de milhares de turistas que nos visitam – as duas vias públicas que são um dos principais acessos ao centro do Funchal (rua 5 de Outubro e rua 31 de Janeiro), ainda não viram as prometidas obras de recuperação de que precisam”, reivindica o NÓS, Cidadãos!

O partido chama a atenção para as consequências do mau estado do pavimento naquelas vias, como sejam, “o desgaste dos carros e da paciência de quem os conduz” e, acima de tudo, a “sinistralidade rodoviária”.

“Para o partido NÓS, Cidadãos! as aberturas/fissuras cada vez maiores nestas duas vias centrais da cidade representam reais situações de perigo, sobretudo para os automobilistas (despiste, acidente e, no caso dos motociclistas, quedas com consequências sérias para a integridade física destes), e merecem uma especial atenção por parte de quem tem o dever de zelar pela sua manutenção – e não o tem feito!”, sublinha a nota.

NÓS, Cidadãos! pergunta ao novo responsável do Governo Regional pela área, o Secretário Regional dos Equipamentos e Infra-estruturas, Amílcar Gonçalves, “para quando” a regularização das despesas decorrentes da empreitada que provocou a degradação dos pavimentos nas ruas 31 de Janeiro e 5 de Outubro e relembra que “cabe agora à sua Secretaria Regional a assunção de responsabilidades pelos danos causados aos veículos em virtude do mau estado em que se encontra a via pública”.

Outras Notícias