Sousa Cintra deixa liderança do Sporting com “sentimento de missão cumprida”

Lisboa /
08 Set 2018 / 20:13 H.

O presidente interino da SAD do Sporting, José Sousa Cintra, afirmou hoje que deixa a instituição com um “sentimento de missão cumprida”, no dia das eleições mais concorridas da história do clube de Alvalade.

Em declarações à Sporting TV, Sousa Cintra lembrou que o clube “estava partido aos bocados” quando assumiu funções, na sequência da destituição do anterior presidente, Bruno de Carvalho, em Assembleia Geral, em 23 de junho de 2018, lembrando o “sucesso” no esforço de unificação.

“O Sporting está em primeiro no campeonato e estava com obstáculos nessa frente: tinham saído nove jogadores. Termos conseguido voltar a construir uma equipa poderosa e preparada para chegar ao final do campeonato em primeiro deixa-me muito feliz. Entregamos um Sporting cheio de vitalidade e com um plantel forte e unido”, afirmou Sousa Cintra, que presidiu ao clube entre 1989 e 1995.

O líder interino da SAD destacou também a existência de um forte “compromisso” entre equipa e estrutura para conduzir o Sporting ao título de campeão nacional de futebol, que escapa aos ‘leões’ desde a época 2001/02.

“Temos as alternativas dentro do nosso clube e a equipa está preparada. Deixamos uma equipa motivada, confiante e com vontade de dar alegrias aos sócios”, finalizou.

Tópicos

Outras Notícias