Fecho das escolas e impactos do Covid-19 no ramo da hotelaria e restauração em destaque nas capas dos jornais

25 Mar 2020 / 08:57 H.

O novo coronavírus volta a estar em destaque na imprensa nacional.

“Médicos forçados a recorrer ao privado para fazerem testes”, escreve o Jornal da Notícias.

O Público diz que “Fecho de escolas depois da Páscoa agrava incertezas sobre avaliação”, realçando ainda que o primeiro-ministro, António Costa, admite fecho das escolas “muito além das férias da Páscoa.

O Diário de Notícias destaca na capa que “Coronavírus já obriga hotéis e outros alojamentos a fechar”, sendo este um “sector que desfalece”, com os empresários a não vislumbrarem “cenários positivos nos próximos dois ou três anos”.

O jornal I adianta que “Vamos ter milhares de pessoas na rua à procura de comida”. Um alerta de um empresário da restauração que admite não ter dinheiro para pagar aos empregados.

O Correio da Manhã escreve que “Estado e banca atrasam ajudas” e que o vírus mata mais homens acima dos 70 anos. Além disso, destaca na sua capa a doação 800 mil euros de Ronaldo e de Jorge Mendes para salvar vidas.