Pelo menos doze mortos em deslizamento de terra em mina ilegal na Guiné-Conacri

08 Nov 2019 / 10:12 H.

Pelo menos doze pessoas morreram e seis ficaram gravemente feridas na Guiné-Conacri na sequência de um deslizamento de terra, na quinta-feira, numa mina de ouro ilegal na prefeitura de Siguiri (nordeste), informaram as autoridades.

De acordo com as autoridades locais, a exploração anárquica do ouro em busca de ganhos fáceis e o consumo de narcóticos nas áreas de extracção artesanal desse metal precioso estão na origem da tragédia.

As autoridades prosseguem os trabalhos de resgate com o objectivo de encontrarem possíveis sobreviventes ou corpos de pessoas presas.

Os acidentes nas minas clandestinas são relativamente frequentes na Guiné-Conacri, um país da África Ocidental que possui reservas de ouro, bauxita (matéria-prima para produzir alumínio) e ferro, embora a maioria da população viva na pobreza.

Em fevereiro passado, dezassete pessoas perderam a vida devido a um colapso semelhante na cidade de Norassoba, também na prefeitura de Siguiri.

Outras Notícias