Manifestação da oposição bloqueia sede do parlamento na Geórgia

18 Nov 2019 / 10:15 H.

Activistas da oposição bloquearam hoje a sede do parlamento da Geórgia, no âmbito da campanha de protesto contra o Governo, acusado de não cumprir a promessa de adoptar um sistema proporcional para a eleição dos membros do Legislativo.

Com gritos de “Fora daqui, rato!”, várias dezenas de manifestantes forçaram o deputado Revaz Arveladze, do partido Sonho Georgiano, no governo, a retirar-se do local.

“Peço aos parlamentares que não trabalhem, para evitar incidentes”, disse o líder do partido de oposição Nova Geórgia, Gueorgui Vashadze, aos jornalistas.

O político enfatizou que a oposição tem um “plano concreto de acções que não excedem as estruturas da lei ou da Constituição”.

A embaixada dos Estados Unidos e a representação da União Europeia (UE) emitiram uma declaração, no domingo à noite, pedindo ao Governo e à oposição que dialoguem e respeitem a Constituição.

Ao mesmo tempo, notaram a decepção de grande parte da opinião pública devido ao facto de o Parlamento não ter sido capaz de adoptar o sistema eleitoral proporcional, um objectivo considerado “um importante avanço na democracia georgiana”.

Segundo Vashasdze, essa declaração “garantiu o desenvolvimento pacífico dos eventos da noite passada”.

No domingo, milhares de opositores manifestaram-se na capital da Geórgia, interromperam o tráfego na principal avenida, a Rustaveli, e instalaram um acampamento perto da sede do Legislativo, onde mais de 200 manifestantes passaram a noite apesar das baixas temperaturas, de cerca de zero graus Celsius.

O líder da oposição enfatizou que o protesto ao lado da sede do Legislativo continuará até a renúncia do Governo e a realização de eleições parlamentares de acordo com um sistema de distribuição proporcional.

“Com esse guião revolucionário, o opositor Movimento Nacional Unido e os seus partidos satélites buscam impedir a adopção do orçamento, que é uma traição aos interesses do país”, afirmou o vice-presidente do Parlamento, Guergui Volski.

Os parlamentares da formação governamental reuniram-se na sede do Sonho Georgiano, a centenas de metros do parlamento, para estudar a situação.