Vídeo revela cenário de destruição e ilustra desespero de empresários do Porto de Recreio da Calheta

22 Mai 2019 / 12:22 H.

Conforme noticiou o DIÁRIO, no passado dia 11 de Maio, alguns empresários com negócios instalados no Porto de Recreio da Calheta (PRC) estão muito preocupados com o facto de ainda não terem recebido as devidas indemnizações compensatórias que o Governo Regional prometeu pagar por via dos trabalhos que estão a decorrer motivando o encerramento da infra-estrutura.

A situação levou a que um dos visados, Twan Slijpen, partilhasse no Facebook um vídeo onde ilustra os prejuízos provocados pela empreitada no local.

No seu desabafo (que pode ler na íntegra em baixo), o empresário queixa-se que passados quatro meses “não há ainda dinheiro para os empregados e nenhuma compensação para os donos”.