Madeira terá rastreio da saúde visual infantil em 2020

11 Set 2019 / 12:24 H.

O secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, presidiu à cerimónia de apresentação do Centro de Rastreios da Região Autónoma da Madeira, no auditório do Colégio dos Jesuítas, Funchal. De acordo com o governante, esta é uma forma de consolidar a aposta que o Governo Regional tem feito na saúde, nomeadamente na prevenção da doença.

“Há 20 anos tínhamos o rastreio do cancro da mama, que foi um dos primeiros do país, há cerca de 10 anos temos o rastreio da retinopatia diabética e tínhamos dois rastreios do cancro do cólon e recto e do cancro do colo uterino que se fazia na RAM mas de uma forma não organizada”, afirmou.

Pedro Ramos disse que este Centro de Rastreios da Região Autónoma da Madeira servirá de estrutura de suporte organizacional para a realização dos referidos rastreiros.

Na oportunidade, o governante anunciou que em 2020 será implementado um novo rastreio da saúde visual infantil.

Refira-se que este centro irá ficar sediado no Centro Dr. Agostinho Cardoso, no Campo da Barca, sob a alçada do IASAÚDE.

Outras Notícias