JPP alerta para o “aumento de utentes inscritos nos centros de saúde” da Madeira “sem médico de família”

14 Nov 2018 / 18:53 H.

Após a audição parlamentar ao secretário regional da Saúde, Pedro Ramos, no âmbito da Comissão Eventual de Inquérito Parlamentar aos serviços prestados pelo SESARAM, e cuja presença foi precisamente requerida pelo grupo parlamentar do Juntos pelo Povo (JPP).

Depois desta reunião o JPP “voltou a confirmar a inexistência de dados detalhados e, efectivamente, actualizados sobre a prestação de serviços de saúde na Região, nomeadamente, as listas de espera para consultas de especialidade, para cirurgias e para exames complementares de diagnóstico”, lamentando que se confirme “o aumento de utentes inscritos nos centros de saúde sem médico de família e o défice de outras especialidades como anestesiologia e a psiquiatria, além do défice de recursos humanos em geral”.

“Esta é uma informação que, para o JPP, é fundamental à prossecução dos objectivos desta Comissão de Inquérito, nomeadamente, na compreensão da trajectória e eventual evolução na prestação dos serviços de saúde na Região, que será matéria de desenvolvimento ao nível do relatório final a apresentar por esta comissão”, acrescenta ainda o JPP através de comunicado enviado à imprensa.

Outras Notícias