Iglésias diz que, ao contrário do Governo, o PS não utilizará meios institucionais para fazer campanha

19 Mar 2019 / 10:50 H.

Miguel Iglésias, chefe de Gabinete de Paulo Cafôfo e vice-presidente do PS/M, diz na sua página de Facebook que “há pessoas em alguns partidos que convivem muito mal com a Democracia”. Em causa está o facto de Cafôfo ter de explicar ‘Tweet’ à Comissão Nacional de Eleições.

“Depois de ler a notícia de hoje no DN-M que um cidadão anónimo tinha feito queixa na CNE sobre um “tweet” do Paulo Cafôfo, entrámos na fase anedótica da forma de fazer política na Madeira. Só a cabeça de alguém desesperado poderia pensar que fazer estas diatribes impedirá o Paulo Cafôfo, ou qualquer dirigente do PS, de manifestar a sua opinião ou de apoiar os seus candidatos”, escreveu.

Iglésias garante que “uma coisa certamente não farão, ao contrário do Governo Regional, que é utilizar meios institucionais, continuadamente e de forma ilegal, para fazer campanha”.

“E sobre isto, não haverá queixas anónimas. O PS apresentará devidamente as mesmas”, concluiu.