Governo lança concurso público para evitar derrocadas no acesso ao Jardim do Mar

A empreitada custa 18,5 milhões de euros e inclui uma solução em túnel ao longo de 1.050 metros

26 Fev 2019 / 18:09 H.

Estava prometido e já está em curso. O Governo Regional já lançou o concurso público para as obras que evitem a ocorrência de derrocadas para a estrada que liga o Estreito da Calheta ao Jardim do Mar. O concurso tem um valor base de 18,5 milhões de euros.

A notícia da empreitada para prevenção e mitigação do risco de derrocada na ER 223 entre o Estreito da Calheta e o Jardim do Mar foi avançada pelo DIÁRIO a 23 de Dezembro de 2018.

As sondagens dos taludes arrancaram em Maio e custaram 115 mil euros e a obra deverá estar no terreno ainda este ano.

Esta intervenção, que irá para o terreno em 2019, como revelou ao DIÁRIO o secretário Regional dos Equipamentos e Infraestruturas, Amílcar Vasconcelos, inclui a construção de um túnel com uma extensão de cerca 1.050 metros, que funcionará como variante ao troço existente, compreendido entre o túnel da Ribeira Funda e a entrada do Túnel Jardim do Mar/Paul do Mar, o qual será equipada com rede de combate a incêndios, ventilação, sinalização e iluminação.

A empreitada, com o valor de 18,5 milhões de euros, compreende ainda a construção de estruturas de protecção contra a queda de blocos, numa extensão aproximada de 800 metros, de forma a minimizar o risco de derrocada das escarpas sobranceiras no troço compreendido entre o novo túnel e o caminho municipal da Ribeira Funda, avançou na altura o nosso matutino.

Tópicos