Deputado pede a Albuquerque que exerça pressão sobre a UE para manter sanções a Maduro

13 Set 2019 / 12:45 H.

O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albquerque, recebeu hoje, na Quinta Vigia, o deputado Tomas Guanipa. O parlamentar é também secretário-geral do ‘Primeiro Justicia’, o principal partido da oposição no parlamento venezuelano.

Tratou-se de uma visita institucional, visando o reforço dos laços institucionais entre a Região e a Venezuela, na qual o deputado fez questão de agradecer ao líder do Governo Regional “a solidariedade que tem tido com o povo venezuelano, na sua luta pela liberdade”.

“É preciso recordar que foi o primeiro presidente que reconheceu a legitimidade de Juan Guaidò como representante da República venezuelana”, vincou.

Tomas Guanipa enalteceu o “desenvolvimento enorme” que a Madeira conseguiu ao longo destes anos e, por contrapartida, deixou um alerta político: “Nós somos um exemplo claríssimo do que pode significar o socialismo para o povo, senão atraso, nepotismo, fome. Hoje a Venezuela tem uma ditadura, com grandes sacrifícios para o seu povo.

Esta é uma mensagem que devemos passar, um alerta para que não se repita em lado nenhum os horrores porque passaram e passam os venezuelanos”, vincou.

O parlamentar terminou a sua intervenção solicitando a Miguel Albuquerque o seu apoio “para a pressão que é necessário fazer junto da União Europeia, para que persista nas sanções contra Nicolas Maduro e o seu Governo”, no sentido de permitir o regresso de um regime democrático à Venezuela.