Arquivo e Biblioteca Pública Regional volta a disponibilizar manuais escolares

Os pedidos podem ser feitos a partir de segunda-feira e os livros serão entregues a partir de 8 de Agosto.

18 Jul 2019 / 14:47 H.

O Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira (ABM) prepara-se para apoiar as famílias com material escolar, concedendo empréstimos de manuais escolares, a partir desta segunda-feira, 22 de Julho, altura em que as famílias poderão entregar no ABM as listas com os livros escolares que pretendam requisitar para o ano lectivo de 2019/2020.

Segundo nota da Secretaria Regional do Turismo e Cultura, o ABM dispõe de cerca de 2.993 manuais escolares de todos os graus de ensino para empréstimo, estando a listagem dos livros disponível em https://abm.madeira.gov.pt/pt/inicio/ e na página de Facebook da referida entidade.

“Apoiar as famílias a diminuir os custos associados à aquisição dos livros escolares e, simultaneamente, reforçar o acesso e a relação destas com os recursos bibliográficos e documentais, actualizados, que se encontram disponíveis no ABM são os principais objectivos do Governo Regional que, mais uma vez, aposta, nesta altura do ano, no empréstimo domiciliário dos manuais escolares, aos alunos”, refere a secretária regional do Turismo e Cultura, salientando que o serviço é gratuito e prestado, anualmente, aos leitores do ABM que possuam cartão de leitor, tendo vindo a crescer, progressivamente, na sua procura,

Segundo Paula Cabaço, no ano lectivo 2012/2013, este serviço possibilitou o empréstimo de 111 manuais, número que aumentou em 2017/2018, para 973 e que foi consolidado, no presente ano lectivo, 2018/2019, com 1.351 manuais facultados.

“O Arquivo Regional e Biblioteca Pública da Madeira tem vindo a cumprir o seu pape, tanto na preservação e salvaguarda da história da Região quanto na promoção do livro e da leitura, prestando, simultaneamente, um importante serviço público à população que, nesta medida, se complementa e materializa”, reforça a governante, acrescentando que é, também, na base destas acções preconizadas pelo Governo Regional que se cumpre a “função social para a qual todas as instituições devem estar cada vez mais despertas e sensibilizadas”.

Refira-se que o ABM numerará as listas por ordem de chegada, para fins de escalonamento da atribuição dos manuais escolares. A entrega dos livros será feita a partir do dia 8 de Agosto e os leitores têm cinco dias úteis para os recolher.

Ao receberem estes manuais, os alunos assumem o compromisso de preservá-los em bom estado de conservação para futuras utilizações e a devolvê-los no final do ano lectivo, podendo renovar o período de utilização por mais um ano, dentro do mesmo ciclo de ensino.