“A saúde não pode continuar a ser um bom negócio na Região”, afirma o PPM

22 Fev 2019 / 16:02 H.

O PPM Madeira continua preocupado com o jogo de interesses entre os partidos e seus candidatos do arco de governação.

Através de um comunicado de imprensa, assinado por João Noronha, diz que “o problema relacionado com a saúde na Região sempre foi uma preocupação do PPM e infelizmente também continua a servir como pugilato entre os dois candidatos dos grandes partidos do sistema”.

“Enquanto um faz filmes, outros tentam ser bons actores. A calamidade na saúde, o PPM, continua nesta luta que diz respeito a todos os cidadãos, seja em que região for do nosso país, como partido responsável e monárquico que defende a continuidade de um bom SNS monárquico”, refere.

Diz ainda que “o tal desinvestimento que tanto se fala, e com razão, pode até estar relacionado com o governo central, mas acima de tudo com o governo da Madeira”. “Dinheiro para clubes e empresas de amigos existe sempre. Chega de desculpas”, acrescenta.

Tendo isto em conta, afirma que “a saúde não pode continuar a ser um bom negócio na Região, como acontece a outras empresas de pessoas milionárias com o dinheiro do contribuinte”.

“A constituição republicana defende a defesa de uma saúde pública gratuita e de qualidade. Não sabemos efectivamente como”, concluiu.

Outras Notícias