Nikki Johnstone venceu Maratona do Funchal

No sector feminino Rosa Madureira repetiu a vitória alcançar em 2018

20 Jan 2019 / 12:23 H.

O britânico Nikki Johnstone foi o grande vencedor da quinta edição da Maratona do Funchal/Santander Totta, ao completar o percurso de 42 quilómetros com a marca de 2:22.13 horas, marca que se traduz num novo recorde da prova madeirense, assim como passou a ser o melhor registou do atleta em Maratonas.

O atleta, que se estreou neste evento internacional no Funchal dominou por completo a prova, conseguindo um vitória folgada, com uma vantagem confortável para os mais directos opositores, os portugueses José Gaspar e Hélder Santos que viriam a terminar nos restantes lugares do pódio.

No sector feminino Rosa Madureira revalidou o título alcançado na edição de 2018, agora com o tempo final de 2:55.23, seguida por Mónica Ferreira (3:18.55) e Sylke Kuhn (3:22.33)

Já na meia-maratona (21 km) as medalhas seriam conquistadas por atletas madeirenses. Paulo acedo (ADR Água de Pena) foi o grande vencedor na prova masculina, com o registo final de 1:14.44, enquanto Manuel Fernandes (GD Estreito) e Diogo Abreu (ADRAP) a serem segundo e terceiro classificados. No sector feminino Daniela Sousa (GD Estreito) dominou a prova cortando a meta no primeiro lugar, com o tempo de 1:34.05. Beata Osior e Maria Lowe viriam a alcançar a prata e o bronze respectivamente.

Finalmente na mini Maratona, novo domínio dos atletas da ‘casa’. Roberto Prioste e Camila João, atletas do GDE festejara a vitória com os tempos finais de 28.03 minutos e 32.30, respectivamente. Bruno Silva e Rodrigo Camacho subiram aos restantes lugares do pódio na prova masculina, para nos femininos Dace Landström e Susana Lourenço repetirem o mesmo feito.