Santander Totta é o melhor banco português, segundo a Exame

País /
20 Dez 2017 / 12:35 H.

O Santander Totta foi distinguido ontem à noite, pela revista Exame, como o “Melhor Grande Banco” em Portugal em 2016, tendo sido selecionado também o “Mais Rentável”, o “Mais Sólido” e “o que Mais Cresceu”. Há três anos consecutivos que o Santander Totta vence nas quatro categorias.

A análise é efectuada pela Informa D&B e Deloitte, no âmbito do estudo “Os Maiores & Melhores da Banca & dos Seguros” para a revista Exame, que avaliou os indicadores e rácios das cinco grandes instituições financeiras em Portugal.

A revista Exame explica que a “hegemonia do Santander Totta face aos concorrentes foi visível nos lucros alcançados, nos recursos captados, liderando com alguma distância nos indicadores de solvabilidade”.

António Vieira Monteiro, Presidente Executivo do Santander Totta, justifica a performance do Banco e os respectivos prémios com “uma política de risco e análise de crédito criteriosa, uma política de recuperação do malparado activa e um cada vez maior cuidado no atendimento aos clientes, sejam eles particulares ou empresas”. Num ano de ajustes, o Banco beneficiou ainda do “contributo positivo do negócio originado na Madeira e nos Açores, onde tinha pouca presença”.

O Santander Totta foi considerado o “Melhor Grande Banco”, ao apresentar a melhor performance conjunta nos indicadores considerados, entre eles, rentabilidade e rendimento dos capitais próprios, custo do risco de crédito, Tier 1, crescimento dos recursos e do crédito concedido, entre outros.

O Banco Santander Totta venceu igualmente nas categorias de “Banco Mais Sólido”, ao ter registado um rácio de um Tier1 de 15,8% e um rácio de requisitos de fundos próprios de 19%, de “Banco Mais Rentável”, com um resultado líquido de 395 milhões de euros, uma subida de 22% relativamente ao ano anterior, que lhe valeu também o título de “Banco que Mais Cresceu” em 2016.

Outras Notícias