Madeira acolhe 10 ‘startups’ internacionais durante 2 meses com apoio do Turismo de Portugal

13 Jan 2018 / 12:11 H.

A Madeira vai acolher a partir de segunda-feira 10 ‘startups’ que operam na área do turismo e lazer no ‘Madeira Startup Retreat’, evento que tem como objetivo aliar um ecossistema turístico maduro a novos tecnologias.

Para o efeito estarão na região, entre 15 de janeiro a 16 de março, as 10 empresas escolhidas de um universo de 61 ‘startups’ oriundas de 25 países.

“Aliar um ecossistema turístico maduro a novos tecnologias foi o desafio lançado pelo Governo Regional da Madeira para o desenvolvimento do ‘Madeira Startup Retreat’”, explicou Carlos Soares Lopes, o presidente da Startup Madeira, à Lusa.

O programa tem o apoio do Turismo de Portugal e da Nova School of Business and Economics (NSBSE) e reúne num único espaço 31 empreendedores, 20 mentores, investidores, parceiros e alunos do ensino superior.

“A realização deste programa permite às ‘startups’ viverem, ao longo de dois meses, uma experiência única num laboratório vivo”, explicou.

Durante os dois meses de estadia na região, as empresas terão a oportunidade de terem acesso a um programa de orientado e desenvolvido pela Startup Madeira em parceria com a NSBSE.

“Mais de 20 mentores irão participar ao longo do programa além de oito estudantes de mestrado da NOVA SBE, que irão contribuir com os trabalhos da primeira semana”, referiu.

Cada ‘startup’ irá ser acompanhada por um guia local, um madeirense que irá fazer a ligação com a cultura regional e o tecido empresarial local.

Estão previstos dois ‘hackathons’ - duas maratonas de programação - que serão idealizados e realizados pela Altice e pela Vinci Airports.

“Nestes momentos, todos os participantes serão desafiados por ambas as grandes corporações a encontrarem soluções para problemas e oportunidades identificadas”, explica o responsável, ressalvando que “a participação destas organizações representa o crescimento destas apostas e da elevada importância para o desenvolvimento de Portugal e o seu posicionamento no exterior”.

As dez ‘startups’ presentes operam todas no âmbito do turismo ou similares, desde uma holandesa, a RoomRaccoon, que apresenta uma solução hoteleira ‘all-in-one’ direcionada para os hotéis independentes ou a Peekaboo Guru, uma startup do Paquistão que através da sua plataforma de localização agrega e apresenta todos os descontos e campanhas oferecidas no mercado selecionado.

A Startup Madeira é a incubadora responsável pela promoção do empreendedorismo e inovação na Madeira, sendo uma estrutura tutelada e apoiada pelo Governo Regional da Madeira.

A apresentação oficial do evento está programada para segunda-feira, dia 15 de janeiro.

Tópicos

Outras Notícias